fbpx

Os principais tipos de anestesias

  • 17 de dezembro de 2018

Usada pela primeira vez em 1846 pelo dentista Thomas Green em um dos seus pacientes a anestesia evoluiu muito desde então. Atualmente existem diversos tipos de anestesia que são usadas principalmente conforme o tipo de procedimento a ser realizado.

Nesse artigo falaremos melhor dos principais tipos, mostrando as anestesias geral, peridural, raquidiana e a mais simples, a local. Acompanhe:

Anestesia Geral

Esse tipo de anestesia é mais usada para procedimentos cirúrgicos de grande porte, onde o médico irá manipular e cortar estruturas que vão além da pele como órgãos, por exemplo. Sob o efeito de anestesia geral o anestesiado fica totalmente inconsciente e ligado a um respirador artificial.

Com a evolução dessa anestesia as técnicas foram mudando e ao contrário de antigamente, que ela era considerada perigosa, atualmente é bastante segura e não oferece maiores riscos ao paciente. Nos casos em que ocorrem complicações na cirurgia o problema na maioria das vezes não está relacionado a anestesia, mas sim a problemas de saúde que a pessoa já possuía.

Para se ter uma ideia as chances dessa anestesia provocar alguma complicação mais séria é mesma de você sofrer um acidente de avião, praticamente nulas.

Anestesia Local

A anestesia local é o tipo mais comum e mais usado em procedimentos cirúrgicos simples, anestesiando apenas a região onde foi aplica. Ela é utilizada principalmente em procedimentos quando a intervenção atingirá apenas os tecidos subcutâneos e é feita por meio da aplicação de substâncias como a lidocaína que pode ser feita por injeção e até mesmo com gel ou sprays.

Anestesia Peridural e Raquiana

As anestesias peridural e raquiana são muito similares, elas anestesiam uma região como por exemplo, o abdômen, as mamas, contudo, esses dois tipos possuem algumas diferenças, principalmente no modo de aplicação e quantidade de anestésico e que deve ser aplicado. Na peridural o anestésico é aplicado em volta do canal da coluna espinhal e na raquiana dentro do canal espinhal, onde se localiza a medula.

E aí, gostou do nosso guia dos principais tipos de anestesia? Se sim não se esqueça de compartilhar. Caso tenha dúvidas ou sugestões você pode usar a caixa de comentários abaixo.

Compartilhe

Talvez você se interesse por: