fbpx

Outubro Rosa: Quais os tipos de reconstrução mamária?

  • 18 de outubro de 2019

No tratamento contra o câncer de mama, em alguns casos, é possível que seja preciso realizar uma cirurgia de mastectomia, que consiste na retirada total da mama afetada pelo tumor. Esse procedimento causa bastante desconforto estético para as mulheres, e no intuito de devolver a autoestima e as características físicas perdidas por elas, as cirurgias de reconstrução mamária se mostram a melhor solução.

Existem diversos tipos de procedimentos de reconstrução mamária, e a ideal, vai depender de diversos fatores relacionados ao procedimento de mastectomia e também características físicas da paciente. Dentre os tipos, podemos destacar 2 principais:

Implante de prótese de silicone — Esse procedimento é bastante comum e é o mesmo que é realizado por mulheres que não tiveram câncer e desejam apenas aumentar o volume das mamas. Ele é indicado principalmente quando a paciente não perdeu muito tecido cutâneo durante a mastectomia.

Implante de silicone e retalhos cutâneos — Algumas mulheres acabam perdendo bastante tecido durante a mastectomia, e nesses casos, é preciso retirar a pele de outras partes do corpo da própria paciente para compensar o tecido perdido. Essa pele é extraída do abdômen ou das costas e o efeito estético fica bastante satisfatório. O cirurgião irá, inclusive, construir um novo mamilo. Tudo para garantir que a mama fique com o aspecto mais natural possível.

Tem experiências relacionadas ao assunto? Que tal compartilhar nos comentários e ajudar outras leitoras? E não se esqueça de curtir e compartilhar o nosso conteúdo.

Compartilhe

Talvez você se interesse por: