fbpx

Quais as consequências do fumo antes de uma cirurgia?

  • 1 de outubro de 2019

Dentre as diversas recomendações pré-cirúrgicas, parar de fumar é uma das mais importantes. Porém você deve estar se perguntando, quais são realmente os riscos envolvidos ao fumo antes de uma cirurgia e quando eu devo parar? Nesse artigo responderemos essas duas perguntas, e já posso adiantar, quanto antes você parar melhor para que tudo corra bem.

Riscos do fumo antes de uma cirurgia

Se você mantiver o hábito de fumar, mesmo antes de passar por uma cirurgia, você estará mais suscetível a:

 Diminuição da oxigenação do coração;

 Formação de coágulos sanguíneos nas veias;

 Dificuldades de respirar após a cirurgia;

 Riscos de infecções;

 Riscos de ter complicações pulmonares, como colapso do pulmão e pneumonia;

 Má cicatrização no pós-operatório;

 Alterar o efeito de certos medicamentos no seu sangue;

 Maior suscetibilidade à necroses de pele.

Qual o momento antes da cirurgia que eu devo parar de fumar?

Como dito, quanto antes você parar melhor. Ou seja, menores serão os riscos de desenvolver complicações motivadas pelo tabagismo. Abaixo você confere o que muda no seu organismo conforme o tempo que você parou de fumar:

8 horas antes — A sua pressão sanguínea e batimentos cardíacos voltam ao normal.

24 horas antes — A concentração de dióxido de carbono e nicotina no sangue irão diminuir drasticamente.

1 semana antes — Os cílios presentes no pulmão retornam com suas funções e começarão a eliminar o muco presente nele.

2 semanas antes — As vias aéreas e a garganta se tornarão menos sensíveis e reativas, com isso você terá uma melhora significativa na sua respiração, tanto antes como após a cirurgia.

3 semanas antes — O corpo retorna com sua plena capacidade de curar feridas.

6 semanas antes — O pulmão passa a produzir muco de maneira normal, o que também contribui para uma boa respiração durante a cirurgia.

8 semanas antes — Os riscos de complicações pulmonares serão baixados para os de um não fumante. Sua circulação sanguínea será restabelecida, pois, o sangue estará menos grosso e fluirá melhor. Seu sistema imunológico e a resposta do seu organismo a anestesia serão aumentados.

Percebeu como é importante parar de fumar o mais cedo possível antes de cirurgias? Tem dúvidas ou sugestões relacionadas ao assunto? Deixe nos comentários e será ótimo poder contar com a sua interação. E não se esqueça de curtir e compartilhar o nosso conteúdo.

Compartilhe

Talvez você se interesse por: